ParaĆ­so

(Álvaro Socci | Claudio Mata | Ricardo Mendes)

Sol de verão quando bate
em minhas costas
Me dá tesão e aquece o coração
Azaração, vale tudo na areia
A tentação é você na minha veia
De barco a vela ou de motocicleta
A gente chega até o paraíso
Tirando a roupa numa ilha deserta
Ou então na multidão, ninguém tem nada com isso
Água do mar quando molha a minha roupa
Me faz lembrar as loucuras de se amar
Fica no ar a mais pura fantasia
Faz misturar o desejo e a maresia
E a noite, no luar, num clima de Havai
A gente faz amor na areia
No clima tropical, a gente está aqui