ErĂȘ

(Ivan Brasil | Sinho Maia | Sacomany)

Tá na roda de capoeira
No cantar da lavadeira
Tá no meio do carnaval
Tá vibrando nesse som tribal

Vejo a mão no seu olhar
Quando eu olho pra você
Seu sorriso é o sol
Do Egito meu Erê
O seu ouro é sua graça, sua pátria é a estrada
Ô luar da madrugada
O menino é o Erê

O Erêrêrê ôba, ôba, ôba, ôba, ôba, ôba
O Erêrêê
O Erêrêrê ôba, ôba, ôba, ôba, ôba, ôba
O Erêrêê